4 de dezembro de 2011

Miguel Angelo porque

Escolher nome é horrível, né? Todo mundo tem uma sugestão. Mas pra escolher o do meu filho não foi difícil, eu e a Fran já tínhamos praticamente decidido tudo no 2º mês. Se menino, Miguel, caso menina, Sofia ou Alice.

Contrariando todas as simpatias e previsões (exceto a minha), veio um menino. E por que escolhemos o nome Miguel? Aliás, Miguel Angelo?

Não foi nem por causa do pintor, nem pela Tartaruga Ninja, te garanto ;-)

Eu e a mãe dele amamos muito um poeta curitibano, chamado Paulo Leminski. Seu único filho se chamava Miguel Ângelo Leminski. Os desfechos foram tristes, do poeta e do filho, Miguel Leminski morreu aos 10 anos, vítima do câncer, e esse foi um dos motivos pelo qual Paulo se afundou no álcool, que o matou de cirrose aos 44 anos.

"basta um instante / e você tem amor bastante"

Triste, né? Mas mesmo assim escolhemos esse nome, em homenagem ao poeta.

Eu queria só Miguel Noris, sempre odiei ter um segundo nome (o meu é Gustavo) e não queria que ele tivesse, aliás, minha avó Margarida também não, pois, como me contou, tive um parente de 3° ou 4° grau chamado Miguel Ângelo e ele era galinhão. Mas enfim, acertamos que seriam dois nomes, porque a Fran queria e ela fez chantagens e eu não ligava tanto assim hahahaha.

Miguel também completaria os arcanjos famosões, né, eu que sou Rafael, meu irmão que é Gabriel e ele que é Miguel (e minha cachorra que é a Mel). Mesmo eu sendo ateu, gosto dessas configurações, destas ordens, não sou radical :-)

Ah, morre... Diabo!

Até onde eu sei, meu nome é Rafael por causa do arcanjo, porque Rafael Gustavo eu não sei, deve ser mania de novela mexicana. E o seu nome, como foi escolhido? E se você tem filho, como foi pra escolher o dele? É nome composto também? Comenta aí :-D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...