23 de abril de 2015

A melhor música anti-bullying de todos os tempos

Fuçar aleatoriamente na internet tem dessas coisas de toparmos, de repente, com maravilhas. E a maravilha de hoje são os irmãos Aaralyn e Izzy.

Foto dos irmãos Izzy e Aaralyn, que criaram a banda Murp.

Eles começaram a banda em 2010, quando a pequena Aaralyn, com 3 anos então, decidiu participar de uma jam session no porão com seu pai e com o Izzy, seu irmão baterista, que na época estava com 6 anos. Ninguém estava pronto para o som que veio a seguir.

Os irmãos chegaram a ir no America's Got Talent e surpreenderam o mundo também. Foi a partir do vídeo deles lá que eu fui atrás deles e descobri o nome do conjunto, Murp, e vi também uma canção que me chamou a atenção já pelo título: Thunder Silences The Bully.

Confira abaixo o clipe e a letra da melhor música anti-bullying do mundo:



Bully! (Bully!)
What is your Deal? (Qual é o seu problema?)
Are you Sad Inside? (Você se sente triste por dentro?)
You can Play!! (Você pode brincar!)
You can Play!! (Você pode brincar!)
You Can Play with My Stuff!! (Você pode brincar com minhas coisas!)
Bullies!! (Bullies!)
Why are you so Mean!? (Por que vocês são tão malvados?!)
Do You need a Hug? (Vocês precisam de um abraço?!)
You can Play! (Vocês podem brincar!)
You can Play! (Vocês podem brincar!)
You can Play with My Stuff! (Vocês podem brincar com minhas coisas!)

Fofura, né?! <3 <3 <3 Se quiser acompanhar o trampo da família, você pode se inscrever no canal deles no Youtube, seguir a página no Facebook e até se tornar patrocinador da banda no Patreon.

16 de abril de 2015

Noite de jogos entre pai e filho

Uma nova modalidade de jogo invadiu aqui nossa casa: o jogo de tabuleiro. Descobri recentemente o Floresta Encantada, jogamos, adoramos e agora recomendamos!

Caixa do jogo de tabuleiro infantil "Floresta Encantada", lançado pela Grow.

Descobri o Floresta Encantada esses dias quando vi o Migs jogando com a terapeuta um jogo com tabuleiro, cartas de unicórnio, dragões, baús e tal. Fiquei espantado, porque não imaginava que ele já conseguisse jogar algo do tipo e aquilo me animou, porque adoro esse tipo de jogo e não tenho muito com quem jogar.

Assim, peguei meu abençoado, coff coff, cartão de crédito e comprei ele. Comprei no domingo pela Submarino e chegou ontem já.

Agora quarta-feira ficou instituído como nossa Noite de Jogos. Uma noite pra exercitar a cabeça, se divertir num mundo com regras e desafios. Até então, nossos passatempos eram sempre de criatividade, imaginação, acho que será muito legal poder desenvolver também um lado lógico e estratégico com o Miguel.

Eu e meu filho Miguel, de 4 anos, jogando Floresta Encantada.


Descobri outros jogos de tabuleiro para crianças da idade dele (ou próxima), como Zoológico Animado, Cara a Cara, Pictureka, Jogo do Zumbi e Labirinto Turma da Mônica. Não joguei nenhum ainda, mas pretendo conseguir um deles já no mês que vem, porque também se sempre for o mesmo jogo tenho certeza que vamos enjoar.

E aí, já jogou algum jogo de tabuleiro com seu filho? Tem alguma dica ou sugestão?

17 de março de 2015

"Adivinha Quanto Eu Te Amo" | Leitura Compartilhada #09

E tem episódio novo de Leitura Compartilhada, com duas dicas de livros para divertir e derreter corações de pais e mães.


No episódio de hoje eu e o Miguel recomendamos os livros "Adivinha Quanto Eu Te Amo" e "Aqui, Ali e Em Todo Lugar", ambos escritos pelo Sam McBratney e ilustrados pela Anita Jeram.

Somos apaixonados pelas duas obras e já perdemos as contas de quantas vezes os lemos aqui em casa, por isso já estava mais do que na hora de indicarmos eles no Leitura Compartilhada. O "Adivinha..." ganhamos numa das campanhas Leia Para Uma Criança, do Itaú, o outro livro achamos por acaso numa livraria e o agarramos na hora <3

Confira no vídeo abaixo a nossa dica:



E você, já leu algum deles? Curtiu? Quer ler? Tem mais dicas de livros parecidos? Deixe nos comentários :-D

1 de março de 2015

Brincadeira de domingo: criando um quebra-cabeça

Domingo passado criamos pela primeira vez o nosso próprio quebra-cabeça aqui em casa. É muito simples e vamos explicar como fazer.

Materiais para criar um quebra-cabeça com seu filho

Você vai precisar de:
  • revista velha
  • papelão (cartolina pode dar certo também)
  • cola
  • tesoura ou estilete
  • 15 minutos e boa vontade
Tendo tudo isso, sente-se com seu filho e procure imagens grandes na revista junto com ele. Aqui, como fizemos dois jogos, o Miguel cuidou de escolher uma na revista Crescer e eu a outra na revista UFO hahahahahaha.

Miguel colando a página da revista no papelão

Escolhida a imagem, basta recortá-la e colar no papelão (lembrando que estilete não deve ser usado por crianças). Espere secar e corte o papelão pra formar um quadrinho, tipo esse:

Os quadrinhos de papelão que vão virar quebra-cabeças.

Agora, de acordo com a idade de seu filho, corte o papelão em vários pedaços, 4, 8, 16, depende do tamanho também da imagem. Por aqui, cortamos tudo em 16 quadrados e a diversão foi garantida.


Fazer um quebra-cabeça não é nenhum quebra-cabeça. Que tal fazer um com seus filhotes hoje? :-)

Ideia tirada do livro "501 Atividades Para Crianças Longe da TV", escrito pela Di Hodges e lançado no Brasil pela editora Girassol.

18 de fevereiro de 2015

Tirinhas do papai Alexandre Beck

Armandinho se tornou minha nova paixão quando o assunto é tirinhas, e hoje vou usar esse espaço para divulgá-lo e também o seu criador: Alexandre Beck.

Foto do ilustrador catarinense Alexandre Beck

Criado em 2009, Armandinho é um garotinho como muitos de sua idade, isso inclui o pacote de: esperteza, curiosidade, astúcia, ingenuidade, teimosia e fofura. De onde Beck tira inspiração para o personagem? Claro que é da experiência de pai, ele tem dois filhos, que inclusive são personagens recorrentes nas tirinhas, sua filha aparece como e o Guto é seu filho.

É impossível que um pai ou mãe não se identifique com as situações mostradas nas tirinhas. Tipo:

Tirinha de Armandinho, personagem criado por Alexandre Beck

Como o protagonista é criança e questionador, é difícil não identificá-lo com os hermanos Calvin ou Mafalda, mas em entrevista vi o Beck dizer que uma de suas principais influências foi "O Pequeno Nicolau", dos franceses Sempé e Goscinny, livro que sua avó lia para ele quando criança. Não conhecia esse título, mas fiquei interessado pelo que vi pela internet, ganhou até um filme em 2009 que recebeu críticas positivas, vai pra lista! <3

Confira abaixo mais tirinhas do Armandinho:





Demais, né? Então acompanhe o trabalho do ilustrador pela página no Facebook e adquira também os livros do Armandinho, eles estão sendo lançados pela Editora Matrix, já foram lançadas as edições Zero, Um, Dois e Três, e a Quatro sairá em breve :-)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...