24 de novembro de 2017

Paternidade e games na Netflix

A Netflix lançou em setembro por aqui a série Final Fantasy XIV: Dad of Light, que acompanha a história de uma família japonesa em que o pai, Hirotaro, tem dificuldades para se comunicar com o filho adolescente, Akio. Quando ele larga o trabalho todos ficam surpresos e ele é evasivo sobre o motivo, então o filho decide comprar um jogo para seu pai, uma versão moderna do Final Fantasy que eles jogavam juntos na infância do garoto, e uma ponte começa a ser criada entre eles.

Imagem promocional da série Final Fantasy XIV: Dad of Light.

Detalhe: a série é baseada em fatos reais e foi roteirizada a partir de um blog japonês, onde um jogador contava as histórias de exploração que vivia com seu pai no jogo online.

Imagem do chefão do Wolfenstein 3D: o Mecha Hitler.Eu acredito muito no potencial de união dos jogos eletrônicos, como muitos pesquisadores vêm destacando. Quando eu era pequeno, uma das melhores lembranças que tinha do meu pai era quando eu me sentava junto dele para vê-lo jogar Wolfenstein 3D no modo mais difícil. Eu pagava muito pau vendo ele metralhar soldados nazistas e um Hitler ciborgue.

Infelizmente, com o tempo ele se afastou dos jogos, cada vez trabalhando mais, e acabamos também nos afastando. Infelizmente ele morreu no início deste ano, por conta de infarto, uma das muitas doenças decorrentes de excesso de trabalho e estresse. Se estivesse vivo, compraria para ele também a versão moderna de Wolfenstein que acabou de ser lançada e poderia ser uma ótima válvula para acalmar seus nervos.

Voltando a série Dad of Light, recomendo muito para pais e filhos, a vibe mistura comédia e drama (dramédia?), cenas do cotidiano e outras dentro do jogo. E o melhor (ou pior, quando você chega ao fim) é que são apenas 8 episódios de 25 minutos cada, é fácil de encaixar na correria do dia a dia.

Cena da série Final Fantasy Dad of Light, mostrando pai e filho jogando videogame juntos.

Para assistir é só clicar aqui, caso seja assinante. Caso ainda não tenha assinatura, comece seu mês grátis: bit.ly/netflixassinar

Este é um post de parceria com a Netflix, porque o blog Família Palmito faz parte do #StreamTeam, a rede de blogueiros de família da Netflix \o/

2 comentários:

  1. Adorei a sinopse, vou ver esse indicação com certeza e voltar aqui para dizer o que achei. Valeu pela dica Rafa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja e volte, sim, quero saber o que vc achou da série :D

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...