4 de setembro de 2017

Tome partido por uma Escola Sem Censura!

Aqui em Campinas voltou a ser discutido o polêmico projeto de lei da "Escola Sem Partido", que visa uma "neutralidade ideológica" no ensino municipal, proibindo professores de levantar questões sobre atualidade política e questões de gênero, por exemplo. Quem trouxe esse projeto pra cidade é o Tenente Santini, vereador que representa a área mais conservadora da Câmara Municipal e que já chegou a defender uma nova ditadura militar.

Imagem de divulgação do Escola Sem Censura

Primeiro ponto que merece ser criticado: não existe neutralidade política na educação. Ao partir para um ensino que "deposita conhecimento", sem debatê-lo e absorvê-lo de forma crítica, a escola toma partido de quem está no poder. A nossa Constituição, vale lembrar, afirma que a educação deve visar ao pleno desenvolvimento da pessoa e seu preparo para o exercício da cidadania. Não existe cidadania sem pluralidade de ideias e pensamento crítico.

Segundo, debater questões de gênero não é doutrinamento femista-gayzista-de-racismo-inverso ou qualquer doidera dessas. É ter a possibilidade de discutir as diferenças sexuais de forma respeitosa e possibilitar uma convivência com menos preconceito e bullying. Numa sociedade em que 10% dos estudantes sofrem bullying constantemente e que em um ano registra mais de 17.000 casos de abuso sexual de crianças crianças e adolescentes, esse tipo de debate não é apenas essencial, mas urgente!

Terceiro: quantos professores te mandaram ler o Manifesto Comunista na escola? No meu caso, infelizmente nenhum. Eu estudei em escola pública e se tive 2 professores mais de esquerda, tive 20 conservadores. Não há o "doutrinamento" que dizem existir, quem escreveu o projeto nunca deve ter frequentado uma escola pública.  Esse projeto não é para acabar com ensino ideológico nas escolas, mas para ter uma única ideologia: de quem está no poder e não quer "incômodos".

Esse Tenente Santini deveria acompanhar menos o ator pornô Alexandre Frota e ouvir mais os professores e pesquisadores da área de educação. Na Unicamp, por exemplo, eles já manifestaram repúdio ao projeto. Felizmente, a população aqui em Campinas também lotou quinta-feira a Câmara Municipal pra se posicionar contra esse absurdo. Dá pra assistir aqui o debate público:



Mas a luta não acabou, hoje o projeto será votado pelos vereadores. Eu estarei lá, lutando por uma escola sem censura, democrática, que aceite professores de todos os espectros políticos e alunos de quaisquer etnias, religiões e sexualidade. Por uma escola que tome partido na criação de uma sociedade mais plural e tolerante, uma escola sem censura!

E mais do que isso, nós pais temos que lutar pelo que realmente importa: uma escola pública e de qualidade, com a participação de toda a comunidade, onde a verba das merendas não sejam desviadas para enriquecer políticos e empresários corruptos e onde os professores sejam mais valorizados, vistos como companheiros na formação de nossos filhos.

6 comentários:

  1. Gostei deste seu engajamento!! Parabéns e sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos todos que engajar por escolas melhores, pra criar pessoas mais críticas e que saibam dialogar com as diferenças :)

      Excluir
  2. "Escola Sem Partido"
    Adoraria ver um projeto assim!
    "Escola Sem Partido" onde todos os políticos independente de suas ideologias, se reunissem para discutir o futuro dos nossos filhos, onde o foco rela fosse a valorização dos professores e busca de desenvolver meios onde o aprendizado se tornasse o foco principal.
    Escola realmente não precisa de partidos, precisa sim de apoio para desenvolver políticos menos corruptos no futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O duro é que o "Sem Partido" do projeto é na verdade o "Partido Único", aquele que é favorecido por jovens que são tratados como depósitos de conhecimentos, sem conseguir refletir sobre suas realidades :/

      Excluir
  3. Parabéns, Rafa! Por uma escola democrática pública gratuita e de qualidade que tome partido da cidadania!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...