7 de março de 2014

Sobre o dia que achamos que brincar de cinema seria uma boa

Passei o Carnaval em casa, mas isso não significa que passei no sossego. Quem tem filho sabe que folga dificilmente significa sossego. No domingo, brincando com o Miguel com soldadinhos, carros, índios e uns bichos de borracha tive uma ideia: transformar num curta.

Escolhemos para a primeira tentativa apenas um índio e uma aranha e já viajamos: o índio estava protegendo a aldeia, a aranha gigante estava com fome e ia atacar de novo, o índio era meio prepotente como todo cara que morre em filmes de terror, será que ele morreria também?


Eu faria as vozes do índio e o Miguel os grunhidos da aranha mutante. Pronto: a pré produção estava pronta. Mãos a obra: pegamos o celular e filmamos, editei no iMovie pelo celular mesmo, dublamos o filme inteiro e, em apenas uma manhã, acabamos a super produção hahahahahahaha.

Assista aqui Matadora (nome dado pelo Miguel):



Num momento de euforia, cadastrei o vídeo no Festival do Minuto hahahahahhahahahahaahaha e ele foi aceito pelos curadores hahahahahahahahahahhahahaha ajudem a gente nessa zoeira, entre lá na página do vídeo e dêem suas 5 estrelinhas para incentivar as futuras produções da Família Palmito Filmes:
http://www.festivaldominuto.com.br/videos/33613

2 comentários:

  1. Puta ideia genial e sobretudo hilária...
    To me acabando de rir com a sutileza infantil do dublador que vai arrancar as tripas da porr.a do monstro. Hahahaha
    Tiro o chapéu! E ainda coloco uns trocados dentro...

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fã de filmes trash é isso hahahahhahaha

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...