31 de agosto de 2012

O melhor da blogosfera paterna #03

Uma vez por mês, os melhores posts que li na blogosfera paterna. Confiram a seleção de agosto:


 1) A gente tenta esconder de nossos filhos os defeitos que carregamos e, às vezes, não damos às crianças a oportunidade deles mostrarem que nos ama do jeito que somos. Carpinejar conta em Estacionamento Proibido como seu filho ficou sabendo que ele é ruim de fazer baliza rs:
http://carpinejar.blogspot.com.br/2012/08/estacionamento-proibido.html

2) Um texto que me identifiquei bastante foi o do Rogério Cappelli, em seu É Tudo ao Quadrado. No post, ele fala sobre porque não posta todo dia no blog. Às vezes me pego pensando no assunto, porque me cobro de pôr mais posts com o Migs, mas não há fatos legais pra compartilhar todo dia. Enfim, confiram:
http://etudoaoquadrado.blogspot.com.br/2012/08/f-5.html

3) Não queria postar aqui o texto do Hilan, porque é um post dele na praia com o filhote e eu fiquei morrendo de inveja hahahahahaha. Praia com criança é agridoce, porque é muito mais divertido, mas não dá pra relaxar tanto...
http://potencialgestante.com.br/100-coisas-16/

4) Ser pai de filho único não é mole, não. Ensinar a dividir brinquedos é missão quase impossível, com resultado só a longo prazo. Pergunta pro Caio Melo se não é verdade:
http://paismodernos.com.br/2012/08/15/missao-dividir-os-brinquedos/

5) Que dor no coração, ir todo carinhoso até a cria e ouvir um "Sai daqui, papai!". É, AJ, sei bem como é, aqui é a mesma coisa. Ó o relato dele:
http://nerdpai.com/sai-daqui/#axzz257y9GYiJ

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Hilan, só pra avisar, é inveja branca, tá?
      :P

      abs!!

      Excluir
  2. Adorei os posts indicados e ainda tive oportunidade de conhecer novos. Adoro indicações!
    Também me identifico com o dilema da "postagem diária". Meu blog fica abandonado às vezes, mas nem é por preguiça de escrever nem nada: é falta de assunto, ocupações demais, ou estar naquela semana em que não sou de texto, sou de imagem, de falar e mexer com as mãos, sabe? rs (eu deveria fazer um vlog, será? há!).
    Bem é isso. Abraços para vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, bacana que você conheceu outros blogs, todo mês agora faço essas listas para que todos conheçam mais e mais gente legal nessa blogosfera.

      E faça um vlog, sim pô, tenho certeza que ficaria bacana :D

      Abs!

      Excluir
  3. Grande Noris! Valeu o link, querido! Estar no top five da família palmito é rock'n'roll hehehe

    ResponderExcluir
  4. Palmito,

    Tamo junto. É nois no DVD/karaokê e os Playboy no Blue Ray!

    Abração!

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Achei o blog sem querer, vi em um outro site. Sempre que bato o olho num blog que parece interessante vou lá no primeiro post, gosto de ver como tudo começo. O seu me prendeu, li tudo. Post por post achei muito legal. Não vou dizer que, "Puxa, como você é forte e corajoso". Não, não acho que o que você fez (digo sobre ficar com o miguel) é foi a coisa mais corajosa, sabe, era a situação. Quero dizer, era isso ou o que? Claro que acho que foi muita responsável da sua parte, de verdade! Sabe, posso estar falando besteira, só o que sei da sua vida é o que li no blog! Tenho que confessar... Eu não gosto de fofocas, não gosto mesmo, o que eu gosto é de história de gente de verdade e por isso os blogs "biográficos", os famosos blogs-diários como este aqui. Por isso começo lendo o primeiro post, já que é como ler um livro. Enfim, e como toda leitora, quando acaba o livro surge aquele monte de perguntas sem respostas, "Mas puxa, o que ele quis dizer com isso?", "Nossa, porque ele fez isso?", "Que injusto, não poderia ter acontecido isso"... E enfim, todas aquelas questões que nunca serão respondidas. TIpo, a chance de você ter uma boa conversa de bar com o autor do livro é nula por mil e umas razões! Mas calma, eu não estou propondo uma gelada, apesar de estar precisando muito de um porre. O que eu estou propondo, descaradamente (e cheia de rodeios), é que você elimine a maior das minhas questões: Porque a Fran deixou o Miguel com você? Se não fosse isso, o que seria? Eu confesso que por n motivos as mães deixam os filhos e vão viver suas vidas e eu de nada tenho a ver com isso, mas fiquei muito curiosa e gostaria muito de saber o por que. Claro que, (eu sei que pra você não muda nada, pois não me conhece) tudo bem se não quiser responder. Outras duvidas são: Ela tem contato com você e ele? Eles se veem? Sei lá... Sei que esse não é um blog seu e sim seu e do Miguel, mas é que ficou faltando essa peça do quebra cabeça (que eu inventei).

    Enfim, espero não ter te assustado demais. Hahahahaha
    De qualquer modo, deixo o meu e-mail, caso você não queria responder as minhas perguntas abertamente aqui nos comentários do blog.

    E por fim, parabéns pelo blog e por todo o reconhecimento, e pelo seu nenis lindo demais, de verdade. Aliás, você ou a mãe dele tem algum sangue niponico? Hahahahaha Não, sério, ele tem os olhinhos puxados, né?! Haha

    Enfim, um beijo e boa sorte na vida! (:

    runbaby.p@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahahhaha quanta pergunta, te respondo por email :)

      Excluir
  6. Sou eu, aí de cima!
    Eu jurava que você ia responder... Hahahaha
    Mas enfim, respeito sua decisão! :D

    Um abraço e, de novo, boa sorte na vida!

    (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, eu jurava que tinha respondido, devo ter deixado pra depois e esquecido, foi malz, minha cabeça já foi melhor hahahahahahahha

      Abs!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...