19 de abril de 2012

Vamos brincar de índio?

Até meia noite ainda é Dia do Índio, né? Então vamos lá, que estou atrasado.

Quando eu era pequeno, odiava essas festas temáticas e blá blá blá, mas agora eu descobri como elas podem ser divertidas, espero que o Miguel não cresça e fique chato igual eu era :)

Trabalhando em casa a tarde, pude ir a escolinha do Miguel ver a apresentação que eles prepararam nesta data. Que os bebês estariam uma fofura eu já sabia, mas jamais esperaria que houvesse alguma ordem lá (mas tinha).

Miguel no centro da foto, e do seu lado esquerdo está o João Miguel, seu primeiro amiguinho quando entrou no Infantil :)
É tudo tão clichê, careta, mas quando a gente assiste de repente vem aqueles ciscos nos nossos olhos e começamos a lacrimejar que nem bundões. Parece até que a gente chora de emoção rsrs

Não consegui gravar bem a apresentação, mas uma partinha deu, pra achar o Miguel é fácil, procurem pelo bebê que está assustado sem dançar:


Enquanto a turminha curtia ele me viu e assim que acabou a dança ele veio direto no meu colo, apavorado com tanta gente e barulho. Depois de muito beijo e carinho, minha cara estava meia pintada também (mentira, era só a ponta do nariz).


Ele se aninhou bem e quando foi hora da apresentação final de todas as crianças, ele não quis ir, eu e as professoras tentamos e tentamos, mas sem sucesso, como vocês podem conferir na seguinte foto:


Ai, ai... só fico pensando: se fiquei assim no Dia do Índio, imagine quando chegar o Dia dos Pais (e aí se a escolinha não preparar uma super festa pra mim!!!)?

:)

13 comentários:

  1. Respostas
    1. ele não é lindo? não é a cara do pai?

      Excluir
  2. Ele é muito novinho ainda, né? Super normal se assustar um pouco nessas baguncinhas de escola. Mas daqui até o dia dos pais ele já tá craque. Leve babador e caixa de lenços. =P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou levar um diazepam, isso sim! hahahahaha

      Excluir
  3. Ai, é muita sacanagem isso uhahuahuahuahau
    Tô morreeeeeeendo de saudades desse tchuco, e ainda fico vendo fotos dele vestido de índio numa apresentação na escolinha *____* num guento uhahuahuahua

    ResponderExcluir
  4. Ai, que fofura! Fala sério, essas coisas só servem pros pais, tios, padrinhos, vovôs e leitores morrer de amores.
    Eu ODIAVA também. Odiava tinta na cara, odiava aquele monte de gente estranha me olhando e fotografando ainda por cima. Sem falar daqueles que choravam, eu nunca entendia porquê. Aí que o desespero batia mesmo, ahahaha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas eu só comecei a ir na escolinha aos 5 anos, né, eu já tinha mais consciência do mico... Ele agora com quase 2 deve ser mais sussa...

      a única vez que lembro de ter me vestido de índio foi no ensino médio, e nem vou falar porque, pois tenho vergonha até hj hahahahahahaha

      Excluir
    2. eu super fiquei curiosa agora. o que um aluno de ensino médio faz vestido de índio?

      Excluir
    3. Gincana. Tivemos de tocar uma música de índio com as "roupas indígenas"... Aí ganhamos a gincana da cidade e, ainda fantasiados, competimos na região. Ganhamos de novo, aí fomos competir no Estado e perdemos. Mas nos apresentamos até na TV Cultura com aquele troço tosco. Sorte que ninguém gravou o programa ^^

      Excluir
  5. Ah, e eu nem entrei no mérito das fantasias que penicavam.

    ResponderExcluir
  6. Tadico do Miguel! Hahahhua (L)(L)(L) mil corações

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...