27 de abril de 2012

Trabalhar em casa e perto de quem a gente ama

Hoje, pela segunda vez desde que estou morando com meus pais e filho, trabalhei de casa. Demorei pra fazer isso por medo e agora quero sempre hahahahaha

Lembro da primeira vez, há um mês (ui, rimou), quando achei que o home office seria uma tarefa impossível com um garotinho serelepe ao lado, pois deveria ficar com um olho nele e outro no computador, mas não foi nem difícil, é só dar umas pausas de 30 em 30 minutos pra pegar um papel pra ele rabiscar, pra pegar um brinquedo diferente, pra correr com ele, pra se jogar no chão e pra enchê-lo de beijos.

Itens essenciais para quem vai trabalhar em casa

Se eu pensar no ritmo da agência, os papos de boa, o videogame, as idas na cozinha pra tomar cafézinho e coisas do tipo, o tempo que passo entretendo o Miguel é quase o mesmo. E, desculpe, colegas, mais prazeroso ainda :-)

Meu assistente de trabalho quando faço home-office
Estar perto de quem a gente ama não tem preço.
Claro que não dá pra fazer isso sempre, minha mãe não me aguentaria, e as reuniões de trabalho ainda são bem melhores ao vivo, e o povo lá na agência fica com saudades de mim, e talz, mas sempre que puder vou dar um jeito de ficar perto do meu filhote, corujando.

E você, trabalha em casa com filhos às vezes (ou sempre)? Como costuma ser? Comente aí :-)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...