26 de dezembro de 2011

Te odeio, terçol!

Semana passada levei o Miguel no oftalmologista para saber se havia algum problema com o Miguel, pois eu não aguentava mais perceber que um novo terçol surgia. Ele estava sem nenhum, só com a marquinha daquele que foi seu segundo no ano. O médico analisou a visão: tudo ok. Nenhum problema de refração. Falou que não é algo incomum nas crianças, mas que é complicado pra elas porque mesmo uma pequena intervenção cirúrgica seria muito irritante.

Passou a receita velha: um colírio de tobramicina e tempo ao tempo.

Aí hoje o Miguel acordou com o olho inchado, bem inchadinho, achei que era conjuntivite, alergia, sei lá, queria que fosse qualquer coisa, mas terçol de novo, não. Mas era. O pediatra disse que é possível que a infecção das glândulas esteja ocorrendo por conta dele coçar muito os olhos, daí acaba facilitando a entrada de bactérias nas pálpebras. Enfim.


Só nesse ano o Miguel teve três treiçol

Vou usar a receita velha, mas vocês não tem noção de como estou nervoso com isso. E tem 2 fatores que pioram isso:

  1. é que apareceu bem no dia em que vamos pra praia;
  2. é um saco chato que todo mundo vem com um "Nossa, o que ele fez no olhinho? Tadinho" e eu tenho que explicar o que é.

Ai, gente. É foda.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...