24 de junho de 2011

Artista incompreendido

Miguel acordou arteiro, pós-moderno, ligadão num expressionismo abstrato. Dei-lhe um papel e caneta e, após pestanejar uns segundos...

Vocês podem não acreditar, mas sou mais louco que Jackson Pollock.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...